Conheça os principais cuidados que devemos ter com a saúde dos cabelos.

Os cuidados com os cabelos tem uma trajetória histórica, sendo os hebreus os primeiros a criarem “produtos” que poderiam beneficiar o couro cabeludo. Apesar de que o conhecimento esteja expandido nos dias atuais, muitas pessoas ficam perdidas quando o assunto é saúde capilar. Você realmente sabe os principais cuidados que você precisa ter com as suas madeixas? Não? Então chegou a hora de conhecer, definitivamente, o que você deve ou não fazer com os seus fios.

Neste artigo, iremos separar pontos que seria interessante você fazer e outros que você não deve fazer ou, procurar um profissional que realmente saiba o que está fazendo.

O que você deve fazer?

Nada melhor do que começar a tratar de tópicos importantes e que são indispensáveis nos cuidados dos cabelos. Veja abaixo 3 dicas valiosas que irá mudar a sua forma de pensar sobre saúde capilar.

Higienização

Não é só o nosso corpo que precisa de higiene, pois um cabelo que não recebe uma lavagem adequada pode trazer diversos problemas, tendo como exemplo a caspa.

Primeiramente você precisará definir e entender qual o seu tipo de cabelo, e então encontrar o produto ideal. E lembre-se sempre de evitar tomar banho com a água muito quente, preferindo sempre água fria ou morna.

Hidratação

Dependendo da estação ou do seu tipo de cabelo, é bastante comum sentir que os fios estão ressecados e até quebradiços, então nada melhor do que realizar uma hidratação para que os fios consigam recuperar a força e o brilho com a absorção da água. Vale lembrar que é recomendado fazer uma hidratação a cada 15 dias.

Proteja contra raios solares

Seguindo a mesma linha da hidratação, a proteção contra os raios solares excessivos é bastante importante. Um cabelo exposto diariamente aos raios solares, pode ressecar e começar a quebrar, o que não seria nada interessante para quem está buscando uma “cabeça” saudável. Utilize chapéu, ou boné quando souber que irá frequentar locais sem proteção, e não pense duas vezes em usar um protetor solar para os cabelos.

Cuide da alimentação

Você sabia que uma das causas da queda de cabelo é a má alimentação? Algumas vitaminas são essenciais para amenizar a queda de cabelo, e a ausência dela pode iniciar ou acelerar o processo de perda. Alguns medicamentos chegaram ao mercado prometendo uma reposição nutricional essencial para a queda dos fios, sendo o produto mais comentado o Hairloss Blocker, talvez devido ao Túlio Maravilha, o garoto propaganda. Antes de tomar qualquer medicamento, consulte um médico.

O que você não deve fazer?

Mesmo que você já tenha uma noção das principais ações que você deve evitar devido aos tópicos anteriores, é importante salientar outros pontos importantes ainda não citados.

Abusar do uso de química

Mesmo que esta questão esteja bastante óbvia, muitas pessoas ainda ignoram o fato de que a química utilizada para estética, pode trazer bastante malefícios tanto para os fios quanto para o couro cabeludo. Se a sua decisão for continuar usando, procure sempre um profissional responsável e se sentir qualquer anormalidade, procure um médico.

Usar escovas “sujas”

Por mais que não enxergamos, quando passamos o pente ou escova nos cabelos, o nosso couro cabeludo pode soltar um excesso de pele, que pode conter diversas bactérias, podendo causar danos na nossa saúde capilar. Evite o uso de escovas compartilhadas ou faça uma limpeza antes de usar.

Prender o cabelo de uma forma mais forte

O nosso couro cabeludo, apesar de muito resistente, pode ser fragilizado devido a constantes “puxões”, o que é bastante notado em alguns tipos de penteados. Se você costuma prender o cabelo puxando-o pela raiz, tome cuidado pois você pode causar danos, e até uma queda por tração.

Dormir com cabelo molhado

Se você não quer que a sua cabeça seja um local de proliferação de “fungos”, então nunca faça isso. Dormir com os cabelos molhados pode aumentar as chances da descamação do couro cabeludo, aumentando a famosa “caspa”.

Dicas valiosas

Agora que você já está por dentro destas dicas especiais, faça um favor para a sua saúde e tente implementar elas na sua rotina, e não se esqueça de procurar sempre um médico ao notar qualquer sintoma diferente do comum.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *